O que são indicadores de desempenho e como usá-los na prática?

6 minutos para ler

Manter o controle de um negócio é uma tarefa bem mais difícil do que muitos imaginam. Mais do que tomar nota de seu balanço financeiro, é necessário ficar de olho em diversos aspectos do seu negócio e garantir que ele está apresentando os resultados que você busca. Para isso, é preciso saber o que são indicadores de desempenho, a fim de aplicá-los na empresa.

Caso você ainda não conheça o termo, esses indicadores são métricas quantitativas e qualitativas que melhor refletem o desempenho de cada setor. Eles podem ser aplicados em diversos contextos, gerando relatórios de performance e ajudando na tomada de decisões para o desenvolvimento do negócio. E graças às novas ferramentas da era digital, é bem mais fácil coletar essas informações e usá-las no dia a dia.

Quer aprender mais sobre tais indicadores? Então, acompanhe.

Qual é a importância dos indicadores de desempenho?

Mais do que nunca, a gestão de qualquer área depende de informações precisas. Não há mais espaço para achismo na hora de definir como seus processos serão executados ou qual será a estratégia de captação de recursos. Você precisa de algo que dê suporte sólido às suas estimativas, especialmente se pretende destacar-se entre a concorrência.

É aí que entram esses indicadores-chave de desempenho. Com métricas precisas sobre seu negócio, você pode definir com mais facilidade seus objetivos, elaborar uma estratégia para alcançá-los e acompanhar seu desenvolvimento na prática. Isso ajuda a acelerar o desenvolvimento e reduz as chances de perda durante o processo.

Quais são os principais indicadores para sua empresa?

Apesar de a tecnologia digital permitir que você mensure praticamente qualquer coisa com certa facilidade, não são todas as métricas que terão relevância para suas decisões. É importante saber quais são seus indicadores-chave e como eles representam ou influenciam seu desempenho.

Veja aqui alguns exemplos de indicadores que são importantes em qualquer contexto.

Rotatividade

Também chamada de “volatilidade”, a rotatividade é um dos principais indicadores de desempenho para seus processos de recrutamento e treinamento. Basicamente, ela mede a frequência com a qual seus colaboradores são substituídos, indicando o número de pessoas contratadas e desligadas em um mesmo cargo ou setor ao longo do tempo.

Em geral, você quer manter a rotatividade de cada cargo tão baixa quanto possível, pois ela ser muito elevada significa que:

  • nenhum colaborador ganha experiência na função;
  • você precisa arcar com os custos de contratação e desligamento constantemente;
  • é mais difícil criar uma equipe coesa.

Absenteísmo

Faltas e atrasos sempre ocorrem em qualquer empresa e devem ser incluídos no seu planejamento. É sempre melhor deixar um colaborador doente descansar e se recuperar para depois voltar ao trabalho. Porém, quando isso se torna mais a norma do que a exceção, então você pode começar a ter alguns problemas.

O absenteísmo é o indicador que reflete o quanto do tempo produtivo da sua equipe perde-se com faltas e atrasos. Se esse índice estiver muito elevado, então é provável que haja outro problema causando diretamente essas perdas. Se um grupo de colaboradores fica doente com frequência, por exemplo, pode ser que a causa esteja no ambiente de trabalho deles.

ROI

Outro indicador muito comum e que deve ser usado em qualquer negócio é a rentabilidade. ROI significa “Return On Investment” ou “Retorno Sobre Investimento”, ou seja, ele indica o quanto de rentabilidade foi gerado em relação ao investimento inicial. Quanto mais elevado ele for, mais positivo foi o seu retorno.

Essa métrica é importante para avaliar o resultado real de qualquer investimento, seja em tempo, recursos humanos ou financeiros. Você deve sempre buscar gerar o maio valor possível a partir de cada aplicação. Por isso, é importante comparar o ROI previsto no início com aquele obtido no final do seu trabalho.

Satisfação do público

Muitos indicadores de desempenho ainda são um pouco difíceis de serem quantificados, mesmo com todas as ferramentas disponíveis hoje em dia. Porém, eles ainda são muito importantes para o desenvolvimento da empresa e devem ser sempre levados em consideração durante a elaboração de suas estratégias. Um bom exemplo disso é o índice de satisfação do público.

Como o nome já diz, esse índice representa a porcentagem de clientes que se sentem bem-atendidos pelo serviço. Mesmo sendo um indicador tradicional da área de vendas, ele ainda é muito útil para o setor de RH. Nesse contexto, ele pode representar a satisfação dos gestores com o processo de contratação ou com seus treinamentos.

Engajamento da equipe

Por fim, mas não menos importante, avaliar o engajamento da equipe no dia a dia pode trazer muitas informações relevantes sobre seu desempenho. De forma geral, um time mais engajado tende a apresentar melhor performance nas tarefas do dia a dia, o que também se reflete na qualidade do trabalho e na satisfação da equipe.

Há várias formas de manter um time mais engajado, sendo que a efetividade de cada uma delas depende do perfil da equipe. Coisas simples, como reconhecimento e pagamentos extras, costumam funcionar bem. Porém, há outros fatores que devem sempre entrar em jogo, como a convivência entre os colaboradores e a qualidade da gestão.

Como usar os indicadores de desempenho para gerar resultados reais?

Aplicar essas informações no seu dia a dia de trabalho nem sempre é simples. Algumas métricas podem ser conferidas rapidamente para fazer uma escolha diária, enquanto outras exigem mais tempo para serem coletadas, analisadas e comparadas a outros fatores. Por isso, é importante manter um registro preciso dessas métricas ao longo do tempo.

Conhecer seus indicadores-chave também é uma forma de traçar objetivos e verificar se eles foram ou não alcançados. Com uma “linha de chegada” bem-definida, você nunca ficará na dúvida se algum projeto teve ou não o efeito desejado no desempenho do seu time.

Com essas informações, você já entende um pouco melhor a importância e sabe o que são indicadores de desempenho, além de como você pode utilizá-los no dia a dia da sua empresa. Lembre-se de que o mais importante é ter dados precisos. Quanto menor for sua margem de erro nessas métricas, melhor.

Se quiser mais uma ajuda com alguns desses indicadores, veja também nosso artigo sobre como acelerar o processo de contratação agora mesmo.

Posts relacionados

Deixe uma resposta