Já precisou checar as referências profissionais de um candidato para um cargo da sua empresa? Sabemos que encontrar um talento não é tarefa fácil. Por isso, se essa ainda não é uma prática comum no seu processo de seleção, saiba que é essencial para evitar erros de contratação e também para descobrir perfis com ótimas recomendações.

Dessa forma, a busca pela opinião profissional de antigos superiores, subordinados e colegas possibilita conhecer mais sobre a conduta do candidato, sua atuação em outros cargos, seu salário, eventuais promoções e o motivo de demissão. Para facilitar o processo, trouxemos algumas dicas práticas. Confira!

Como encontrar e analisar referências?

Antes de entrar em contato para checar uma referência, o recrutador deve ter em mente tudo o que realmente precisa saber. Assim, vale seguir um planejamento adequado para verificar com chefes, subordinados e outras pessoas que geralmente são citadas pelo candidato durante a entrevista. Veja!

Use o checklist como seu aliado

O checklist é usado para que o recrutador verifique os pontos necessários para a seleção de um candidato. Além disso, ele analisa as informações do currículo e faz uma pesquisa prévia em redes sociais. O objetivo é encontrar informações úteis que funcionarão como um guia para as próximas etapas da validação. Monte uma lista com as dúvidas que deseja sanar.

Elabore perguntas inteligentes

Saiba como perguntar sobre as referências anteriores. Uma sugestão é fazer uma segmentação por competências ou experiências profissionais, e, a partir daí, criar uma lista das principais perguntas abertas ou fechadas que ajudarão a entender mais sobre o profissional. Confira alguns exemplos:

  • experiência: ele trabalhou por cinco anos? Qual a remuneração do último cargo? Quantas pessoas ele liderou?
  • comportamento: qual era o seu comportamento como líder do time? Como era a relação com os colegas de trabalho?

Organize sua agenda

Após montar a lista de perguntas, prepare uma agenda com os contatos das referências profissionais. Depois, separe um tempo para conversar com essas pessoas que fizeram parte da vida profissional do candidato. Faça todas as perguntas que sejam necessárias para definir se o perfil dele é adequado ou não para a função em aberto.

Aplique a escuta ativa

A escuta ativa é uma técnica muito utilizada. Nela, o recrutador anota os pontos relevantes do diálogo enquanto conversa com a referência. Você pode fazer perguntas complementares para identificar se há algo mais a ser questionado ou, então, realizar a confirmação das informações que foram fornecidas.

Por que é importante buscar referências profissionais?

Durante um processo de recrutamento e seleção, é necessária uma análise aprofundada que vai além do currículo e das informações fornecidas pelo profissional. Muitas vezes, eles tendem a ressaltar determinadas competências, em detrimento de outras habilidades que o recrutador não consegue detectar.

Por isso, as referências profissionais são importantes para esclarecer informações, validar competências, descobrir problemas no comportamento, bem como para atualizar um banco de profissionais para a sua empresa. Agora, que tal colocar essas dicas em prática e realizar um processo seletivo ainda mais completo e eficaz?

O conteúdo foi útil? Que ótimo! Então não deixe de acompanhar nossas atualizações nas redes sociais. Siga-nos no Facebook e no LinkedIn!