Construir laços afetivos e efetivos!

2 minutos para ler

Nos últimos dias vimos avançar notícias e mais notícias referentes ao Covid-19 no Brasil. Neste momento, o que temos a dizer é que a informação (aquela verídica) é o melhor, assim como a conscientização. 

A cidade e a nossa região vem se movimentando cancelando aulas, algumas empresas fazendo Home Office quando a atividade assim permite eventos sendo cancelados, adiados, etc. O que podemos fazer neste momento?

Estarmos atentos para as orientações, pensar no coletivo nunca foi tão essencial como neste momento! Por isso, a APRH, pensado em manter esses laços que nos unem, e que nos permitirão nos abraçarmos muitas vezes no futuro, sabe que a prevenção neste momento é o melhor remédio. 

Vamos pensar em nossas crianças, nas pessoas de baixa imunidade e em nossos idosos. Vamos ter consumo consciente, comprando nos mercados o necessário, lavando as mãos e utilizando álcool gel para desinfecção.

Devemos neste momento observar o que temos de informação e buscar ajuda quando estamos dentro dos quadros clínicos divulgados.  Estar atentos aos sintomas conhecidos e saber diferenciar se é um resfriado ou não. Sintomas de tosse seca, febre e falta de ar são os sinais que devemos procurar ajuda, porém se tiver coriza pode ser outro quadro diferente do Covid-19.

Vamos adiar as comemorações, manter a distância indicada pelos órgãos de saúde e manter a informação circulando.

Essa é neste momento a nossa parte, e sempre que a fazemos pensamos num todo maior, pensamos no coletivo, pensamos no abraçar sem ser abraçado, pensamos no futuro, em semear amor, em construir laços afetivos e mais que tudo efetivos, que perdurem por muitos e muitos anos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta